Pular para informações do produto
1 do 1

RC

Hexagrama de 3cm - Símbolo de Proteção e Equilíbrio Espiritual

Preço regular
€1,40
Preço regular
Preço de venda
€1,40
Taxas incluídas. Frete calculado na finalização da compra.

Explore o poder do Hexagrama de 3cm, um símbolo sagrado de proteção e equilíbrio espiritual.

Este hexagrama, também conhecido como Estrela de Davi, é uma representação poderosa da harmonia entre o divino e o terreno. Feito com precisão em detalhes, este hexagrama é uma expressão de beleza e significado espiritual.

Utilize-o como um amuleto pessoal, pendure-o em sua casa para proteção ou incorpore-o em seus rituais espirituais para atrair energia positiva e equilíbrio em sua vida. Deixe o Hexagrama de 3cm ser um lembrete constante da presença divina em sua jornada espiritual.

  • Corra, apenas 2 itens restantes em estoque!
Hexagrama de 3cm - Símbolo de Proteção e Equilíbrio Espiritual
FRETE GRÁTIS em todos os pedidos acima de 25€
DEVOLUÇÕES FÁCEIS
10% DE DESCONTO na sua primeira encomenda | Utilize o código: PRIMEIRA10

Informações

  • Contcto

    +351 966 840 847

  • E-mail

    geral@universocomalma.com

  • Loja solidaria

    Loja Oficial representante da ANEM ( Associação Nacional de Esclerose Múltipla )

  • Morada

    Centro Comercial Souto Center, Praça da República 151 Loja G11, Gondomar, Portugal

Testemunhos

Recomendo a 100%.
Produtos de excelente qualidade.
O atendimento é personalizado, em que se destaca a simpatia e disponibilidade.
A Loja tem uma energia muito boa.
Grata por toda a vossa ajuda.

Claudia Santos

Grande variedade de produtos, atendimento personalizado, bom atendimento, muito simpáticos.

Sandra Casaca

Artigos em conformidade com o pedido. Rápido na entrega. Informação pormenorizada sobre a compra. Muito simpáticos e afáveis nas respostas e ajuda...Gratidão

Elsa Barreleiro

Loja super agradável, com muito bom gosto e pessoas muito disponíveis em ajudar em todas as questões. Super recomendo 🙏🏼…

Joana Costa

Loja muito acolhedora, com pessoas muito simpáticas.

Sonia Cristo